• Por: Cristiane Viegas
  • 30 Aug, 2021

Relatos emocionantes sobre a pandemia marcaram Mostra IBSAÚDE 

Tarsila Crusius, em entrevista à Start Comunicação, falando sobre a Primeira Mostra de Vivências do IBSAÚDE

Foto:Divulgação IBSAÚDE Escola


Em entrevista à Start Comunicação, na manhã desta segunda-feira, 30/08, a coordenadora educacional da IBSAÚDE Escola, Tarsila Crusius falou sobre a Primeira Mostra de Vivências do IBSAÚDE “Lidando com a COVID-19 nas Unidades de Saúde: O que a pandemia tem nos ensinado?”. O evento online reuniu colaboradores, gestores e dirigentes do instituto, nos dias 11 e 12 de agosto de 2021, na Plataforma Google Meet.


“Uma oportunidade de fortalecimento de laços entre os colaboradores da rede IBSAÚDE, a gente conseguia ver nas janelinhas que todo mundo estava acompanhando e foi uma emoção muito grande, porque o relato de um impactava o do outro”, assim Tarsila Crusius definiu o evento, que apresentou 45 relatos de vivências nas unidades de saúde do instituto durante os principais picos da pandemia.  


A Primeira Mostra de Vivências do IBSAÚDE, lançada em 26 de abril de 2021, juntamente com a Plataforma de Ensino do IB Escola, a Mostra teve como objetivo dar visibilidade às vivências, experiências e projetos desenvolvidos pelos colaboradores do IBSAÚDE para o enfrentamento dos desafios que a pandemia da COVID-19 trouxe para os serviços de saúde e usuários, familiares e comunidades.


De acordo com a coordenadora, o instituto buscou promover a integração entre as unidades, proporcionando uma troca de experiências entre os participantes; valorizando o protagonismo e as iniciativas, incentivando a reflexão e o olhar crítico sobre suas práticas cotidianas. Uma forma de contribuir para as estratégias de educação permanente no âmbito das unidades e disseminar o conhecimento de práticas inovadoras para a qualificação dos serviços prestados em todos os níveis.


A Mostra de Vivências do IBSAÚDE contou com um expressivo número de inscrições, foram 207 inscritos, o que representa cerca de 20% do total de colaboradores da organização, ao todo 45 relatos foram compartilhados durante o evento. 


“As equipes, durante esse período, se fortalecem mutuamente, e passaram a se reconhecer pertencentes a um time. E isso acabou sendo um espaço de força e acolhimento, a gente ouviu relatos emocionantes, fortes! Alguns mostraram a criatividade das equipes em encontrar soluções, que são longe do ideal, mas que foram possíveis de fazer pelos usuários do SUS”, ressaltou Tarsila. 


Confira a entrevista na íntegra aqui:

Link da entrevista